FCC S.A.
albemarle
petrobras

Publicações & Artigos

Artigos

Com o objetivo de trocar conhecimentos e disseminar novas tendências e inovações entre seus públicos de interesse, a FCC S.A. desenvolve, promove e multiplica artigos técnicos, voltados ao seu mercado de atuação. Este ambiente exclusivo permite a leitura, download e comentários sobre os artigos publicados, facilitando a sua interação conosco. Confira.

Acúmulo de sujeira do sistema de fundo por fowling

Uma das etapas do processo de uma unidade de FCC é a separação dos derivados do petróleo na torre principal de fracionamento, onde as frações mais leves, como a nafta e o GLP, saem pela parte superior, e os óleos mais pesados, como o slurry, que possui asfaltenos que não se queimaram termicamente no riser. Na parte inferior da torre pode ocorrer o processo de coqueamento dos asfaltenos, que é a formação de depósitos de materiais orgânicos. Esses materiais podem se depositar tanto na parte inferior da torre como em outros equipamentos do sistema de fundo (filtros, bombas e trocadores de calor).
 
A deposição de materiais sólidos provoca uma perda de eficiência e, como consequência, uma diminuição na recuperação de energia. No caso de unidades que não contam com forno, esta perda de eficiência pode comprometer a temperatura de preaquecimento da carga e, assim, afetam a sua atomização com uma perda de conversão e maiores rendimentos de gás seco e coque, principalmente. Isso pode restringir o fluxo de carga na unidade se o soprador e/ou compressor de gás estiver no limite. Portanto, é necessário saber quais substâncias têm mais probabilidades de se depositarem nos equipamentos, como se leva a cabo este processo, quais são as consequências e como evitá-las. 
 
 


@2020 Fábrica Carioca de Catalisadores - Todos os direitos reservados